29
ago

Concurseiro profissional na visão psicológica

 

Business - meeting in an office, lawyers or attorneys discussing a document or contract agreement

A cada dia que passa a concorrência para conseguir  aprovação em um concurso público fica mais difícil, pelo mais diversos motivos, dentre os quais citamos a  crise política econômica que está ocorrendo no Brasil, as adversidades  encontradas nas empresas privadas e a instabilidade profissional. Por isso, a preparação para  tornar-se um servidor público envolve muitas variáveis.

 

Consequentemente, o termo concurseiro profissional pode ser utilizado para descrever algumas características que o aluno deve ter para lograr êxito nesse objetivo, onde o planejamento, a  motivação e o estudo propriamente dito são efetuados  concomitantemente. Nesse sentido, percebe-se a diferença entre o aluno que pretende passar, porém desiste na primeira reprovação e/ou não se esforça o suficiente e do outro lado o concurseiro profissional, que apesar de todas as incertezas  envolvendo o  concurso público, consegue criar estratégias positivas para  sair vitorioso nessa batalha.

 

As principais características do concurseiro profissional enfocando numa visão psicológica são:

Autoconhecimento e foco: Depois de saber quais as suas aptidões, limites e preferências, decide qual será a área ou concurso para poder focar os seus estudos.

 

Planejamento: Antes de dar início aos estudos,  elabora um planejamento das matérias que precisam ser estudadas, verifica o tempo que tem disponível, prepara um cronograma baseando-se no peso  das matérias e principais dificuldades e providencia materiais de qualidade juntamente com um ambiente propício para o estudo.

 

“Respira concurso”:  A partir da escolha do que estudar, os seus pensamentos e cognições se direcionam a maior parte do tempo  para esse  objetivo de vida.

 

Motivação: Por saber do grau de ansiedade que o concurso público e tudo envolvido nesse contexto proporcionam, o concurseiro utiliza estratégias motivacionais para continuar o estudo até conseguir a aprovação. Podemos citar, por exemplo, assistir vídeos motivacionais, imaginar o que poderá fazer com o salário quando for aprovado, de qual forma poderá ajudar as pessoas que amam etc.

 

Atividade física, sono adequado e alimentação saudável: Tem a consciência que uma atividade física aeróbica  – pelo menos três vezes por semana – , uma boa noite de sono e uma alimentação balanceada melhora a performance da memória e faz bem para a saúde

 

Resiliente: Sabe das incertezas que as provas de concurso envolvem e por isso, encara a reprovação como aprendizagem e experiência  e não como uma derrota. Por isso, independente de quantas provas tenha que realizar,  tem a consciência de que irá conseguir a sua aprovação.  

 

Lazer: Aproveitar a vida também faz parte de todo processo até conseguir a aprovação, servindo como “válvula de escape” e redução da ansiedade.

 

Limitações: Tem a noção de que todas as pessoas têm dificuldades e quando essas características atrapalham o seu rendimento nos estudos, procura ajuda. Como por exemplo, quando o seu grau de ansiedade é desproporcional e atrapalha o seu rendimento, o auxílio de um psicólogo é essencial, ou quando suas dúvidas no mundo dos concursos e falta de planejamento do que é mais essencial para ser estudado  dificultam o seu rendimento, a ajuda de um  consultor para concursos públicos  é relevante.

 

Com todas essas características, o concurseiro profissional está protegido contra  os problemas e questionamentos que possa aparecer  durante o caminho até a aprovação.

 

André Oliveira

Consultor VP Concursos

Compartilhe nas redes sociais: